Fazenda Nova Esperança implementa captação de água com bombas Grundfos movidas a energia solar

31/01/2013

sqflex

Press Release

Fazenda Nova Esperança implementa captação de água com bombas Grundfos movidas a energia solar

Por meio de parceria firmada com a Max Energias Renováveis, a Grundfos acaba de fornecer 21 sistemas SQFlex - para bombeamento de água, usando energia solar - para a Fazenda Nova Esperança (grupo empresárial IBGS,) no município de Araguaina, (vale do araguaia)-MT . A solução turn-key contempla o projeto, bombas Grundfos SqFlex movidas a energia solar, painéis solares e módulos de automação, quantificação do material hidráulico e elétrico, perfuração dos poços e suporte para sustentação das placas. Os equipamentos assegurarão o bombeamento de 520 m3/dia, atendendo as necessidades de suprimento de um plantel de 13 mil bovinos adultos, distribuídos em 21 mil hectares.

¨Com grande área de pastagem, a propriedade convivia com gargalos de falta e desperdício de água. A implementação do sistema garantiu a captação de água com qualidade de poços artesianos, por meio de uma fonte sustentável de energia, bem como permitiu a maximização do uso do solo, já que as invernadas foram divididas em áreas menores. Somam-se os benefícios indiretos, dentre eles a elevação dos índices de produtividade, graças à melhoria da sanidade dos animais e consequente aumento do kilo de carne produzido por hectare¨, faz questão de ressaltar Carlos Rocha diretor da Max Energia.

Ferramenta moderna - O fornecimento à Fazenda Nova Esperança ilustra o quanto o sistema SQFlex se encaixa no atual processo de modernização da agronegócio brasileiro, atendendo as novas exigências ambientais e os protocolos de exportação da nossa carne,suprindo o atendimento  as propriedades com grandes extensões de àrea e bovinos, onde, na maioria das vezes, não há eletricidade para o acionamento das bombas dos poços artesianos. A propósito, a Max Energia foi a pioneira no Brasil na disseminação desta aplicação no segmento.

Carlos Rocha destaca que, especificamente na atividade agropecuária, a obtenção de água associa-se ao aumento da produção e respeito ao meio ambiente. O executivo realça os benefícios do sistema, apontando a confiabilidade de desempenho, simplicidade de operação e baixo custo de manutenção, visto que uma estação completa montada (incluindo mão de obra especializada e equipamento), está avaliada, em média, em R$ 36 por animal.

Nunca é demais lembrar que o Produto Interno Bruto da pecuária brasileira foi de R$ 242,7 milhões em 2010. O Estado do Mato Grosso é o maior produtor de bovinos do país, tendo abatido 4,89 milhões de cabeças no ano passado, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati